Copaíba, diferentes denominações e muita confusão

Muitas pessoas se confundem com as inúmeras denominações da copaíba na aromaterapia óleo essencial, óleo resina, balsamo, óleo vegetal. Vamos entender melhor.

Copaiba (Copaifera spp)

Primeiro que existem várias espécies da copaibeira, temos Copaifera officinalis, Copaifera langisdorffii, Copaifera reticulata, essas são as mais comuns na aromaterapia, mas todas possuem praticamente as mesmas propriedades e aplicações. Ela é encontrada principalmente na floresta Amazônica, mas também em outras regiões do Brasil, como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná e algumas áreas úmidas do Nordeste. Além do Brasil, também é encontrada na África Tropical, Colômbia, Guianas, México e Venezuela.

Este óleo-resina é considerado como óleo da vida e antibiótico da mata, por ter uma vasta gama de propriedades e aplicações. Mas deve-se tomar muito cuidado, pois é um óleo muito adulterado em especial com a adição de óleos vegetais como óleo de soja, ou óleo mineral e até com terebentina. Então muito cuidado, certifique-se que seja uma marca idônea, para que tenha certeza de comprar algo que contém realmente todo o potencial curador do qual vamos falar.

O óleo é extraído por meio de uma incisão no tronco da arvore, chamado trado, onde se põe uma canaleta por onde o óleo escorre para ser recolhido em um recipiente e posteriormente ele é filtrado, a este produto normalmente chamamos de óleo-resina ou bálsamo.


Isso porque o óleo resina ou bálsamo de copaíba possui duas frações, uma não volátil que contém ácidos diterpênicos (ácido copálico, ácido hardwick, ácido caurenóico entre outros), e uma parte volátil que contém os óleos essenciais, especialmente (B-cariofileno, alfa-humuleno, óxido cariofileno). Mas pelo o que pesquisei não há uma padronização nem dos compostos obtidos e nem mesmo entre o percentual entre as frações, há citações que falam entre 50 e 90% de óleos essenciais, ou seja a variação é bem grande.

Mas esse óleo resina ao invés de ser apenas filtrado pode ser também destilado, e aí o que vai permanecer são os compostos voláteis, aí sim ele é chamado de óleo essencial de copaíba.

Existe um terceiro produto que seria o óleo vegetal de copaíba, que assim como os demais óleos graxos são extraídos da semente, no entanto esse óleo normalmente não é encontrado a venda, pois sua produção não é feita em grande escala. Portanto, boa parte dos óleos vegetais encontrados no mercado para venda são na realidade óleo-resina ou óleo essencial misturado com algum outro óleo vegetal, mais uma vez cuidado, sabe-se lá o que foi misturado.

Segundo Robert Tisserand, no livro Essential Oil Safety, o óleo de copaíba não tem riscos nem contraindicações.

O princípio ativo majoritário é o beta-cariofileno muito conhecido por seus efeitos anti-inflamatórios, anti-edêmico, antitumoral, bactericida. Outro componente volátil é o humuleno que reforça essa ação anti-inflamatória, sendo ainda analgésico e anticancerígeno.

No óleo resina, onde encontramos também alguns ácidos diterpênicos, que possuem o ácido caurenóico é citado contra tripanossomicida e também relaxante do musculo liso, e o ácido copálico apresenta propriedades antitumoral, carcinogênicas, antisséptica, anti-inflamatórias. Percebemos então que alguns desses ácidos, presente no óleo resina acabam por reforçar as propriedades dos componentes presentes no óleo essencial, por isso muitas vezes não há diferenciação entre as principais propriedades e indicações que são: antiúlcera, antiviral, anti-inflamatório, antitumoral, carcinogênico, antisséptico, bactericida regenerador da pele, cicatrizante

Tanto para uso fia olfação como na perfumaria que é utilizado como fixador, eu indicaria o uso do óleo essencial de copaíba, já que ele conta com as moléculas mais voláteis.

Espero que este texto tenha lhe ajudado a entender melhor.

Fontes: Tisserand, Robert. Essential Oil Safety

https://www.oleosessenciais.org/oleo-de-copaiba/ consultado em 07/10/2020

https://www.facebook.com/laszlobrasil/posts/1971344216269847/ consultado em 07/10/2020


Hashtags:
#óleosessenciais #aromatologia #aromaterapia #óleoessencialdecopaiba #copaiba #óleoresinadecopaiba #bálsamodecopaiba #óleovegetaldecopaiba

Siga

  • YouTube Rosa de Luz
  • Instagram Rosa de Luz
  • Facebook Rosa de Luz