Descrição

Nome botânico: Croton lechleri

Marca: Laszlo

Origem: Brasil
Método de extração:
látex do tronco

Cultivo: selvagem

Embalagem: Vidro âmbar com gotejador, contendo 10,1ml

 

Propriedades e indicações

Sangue de dragão é o nome que se dá a seiva da árvore dragoeiro, nativa da Amazônia, Colômbia, Peru e Equador. Esse produto de cor vermelha intensa, é utilizado tradicionalmente pelos povos indígenas e locais para tratar feridas na pele e impedir que elas infeccionem.

O Sangue de Dragão é um poderoso cicatrizante e é considerado excelente rejuvenescedor, por ser altamente antioxidante e estimular a síntese de colágeno, além de auxiliar a diminuir rugas e flacidez. E ainda um potente anti-inflamatório, antibacteriano, antivirótico e analgésico. Muito benéfico se misturado a cosméticos para o rosto e corpo para evitar os sinais de envelhecimento, para regeneração, proteção e bem estar da pele.

Age rejuvenescendo a epiderme e prevenindo o aparecimento de manchas.

A resina é rica também em Picnogenol, um extrato natural que combate as doenças degenerativas.

Indispensável para se ter em casa, no kit de primeiros socorros, por ser um ótimo cicatrizante, estancar sangramentos, cicatrizar queimaduras, úlceras, feridas e escaras.

Alivia ainda coceiras e desinflama picadas de inseto.

Protege contra raios UV. Aumenta a síntese de colágeno

Quando a seiva é esfregada na pele ela de vermelha, passa a formar uma fina camada de cor creme, como uma membrana de pele adicional, muito fina. Pesquisas realizadas na Universidade de Calgary, no Canadá, mostraram que de fato ele é um potente inibidor da inflamação e da dor, sendo o alcalóide taspina o responsável pela sua atividade anti-inflamatória em específico. "O sangue de dragão não somente previne a sensação de dor, mas também bloqueia a resposta do tecido a químicos liberados pelos nervos que promovem a inflamação. Não existe na atualidade médica nenhuma substância natural que nós conhecemos que possua essas mesmas atividades" disse a equipe responsável.

Por isso vemos algumas indicações para artrose, bursite e torções.

O dragoeiro é uma árvore de porte média a grande e pode alcançar até 20 metros de altura, embora seu tronco em geral seja fino menos de 30cm de diâmetro, coberto por uma casca lisa. Tem as folhas grandes e flores. Sua seiva também é conhecida como Sangue de Drago, Sangue de Grado, Dragons Blood, Sangue de Drago, Sangue Dragon, Sangue de Dragão ou Sangue de Dragoeiro.

 

Precauções

Não usar puro sobre a pele. Usar sempre diluído (como em óleo vegetal ou em bases cosméticas neutras). Usar sempre em baixa dosagem. Em caso de dúvidas, procure a orientação de um profissional qualificado, a Rosa de Luz não se responsabiliza pelo uso indevido dos óleos essenciais.

 

Composição: Croton lechleri oil

Forma de uso

Há muitas maneiras de usar os óleos essenciais: em cremes, óleos corporais, massagem, banhos, compressas, escalda-pés, argilas, inalações, etc. Em aromatizadores ambiente, de porcelana, difusor elétrico ou aromatizador pessoal (colar). A quantidade de gotas varia conforme o modo de uso.

 

Sangue de dragão GT Brasil 10,1ml – Óleo resina

REF: LZ 1086
R$ 55,70Preço
  • Laszlo

Atendimento
       11 99777-9666
       comercial@rosadeluz.com.br
Rua Diamante, 74  

Bairro Aclimação - SP
 

Pagamento Integrado 

Siga

  • YouTube Rosa de Luz
  • Instagram Rosa de Luz
  • Facebook Rosa de Luz