A sinergia 4 LADRÕES da Laszlo foi aprimorada para os tempos de COVID-19. A anterior era baseada em uma formulação sugerida pelo Dr. Jean Valnet nos anos 80, que continha os óleos essenciais de limão, alecrim, eucalipto-glóblulos, canela-da-china e cravo-da-índia.

A nova formulação agora foi enriquecida com óleos essenciais de rica ação antiviral e com eficiência demonstrada em estudos que você poderá ler na matéria abaixo.

Contém:

Louro folhas (Laurus nobilis) - Rico em cineol
Canela-da-china cascas (Cinnamomum cassia) - Rico em cinamaldeído
Bergamota GT Itália (Citrus bergamia) - Rico em linalol, acetato de linalila e limoneno
Cravo-da-índia folhas (Syzygium aromaticum) - Rico em eugenol
Tea tree (Melaleuca alternifolia) - Rico em terpinen-4-

 

Alguma dica de como as pessoas podem usar em casa?

Em hipótese alguma as pessoas devem pensar que unicamente óleos essenciais vão resolver e curar a Covid-19. Até mesmo nossa sugestão para uso hospitalar tem o objetivo de que essa alternativa contribua para uma melhora mais rápida dos pacientes, desafogando o SUS, mas ela não substitui as demais intervenções e orientações médicas. A aromaterapia pode ser e já vem sendo empregada amplamente por pessoas em quarentena dentro de suas casas como meio de prevenção, imunoestimulação, redução da ansiedade e melhora dos sintomas mais brandos da infecção. É importante ressaltar que óleos essenciais não devem substituir a prescrição médica. Quem estiver fazendo seu uso em casa, tendo pioras ou apresentando sintomas graves da Covid-19, como falta de ar e febre muito alta, deve buscar imediatamente o hospital mais próximo com urgência.

Como usar os óleos essenciais?

Nebulizador de máscara: Especialmente para aumento da imunidade e eliminação de catarro. Coloque de uma a três gotas no compartimento do soro (com um pouco de soro fisiológico). A inalação pode ser feita por 15 a 20 minutos seguidos ou até que o óleo acabe. Não é recomendado o uso de óleo de canela (pode arder o nariz). Recomenda-se cautela com os óleos de tomilho, cravo e orégano, que não devem exceder uma gota e podem ser sempre combinados com óleos mais suaves como eucalipto, louro ou teatree. Em caso de tratamento sintomático, a inalação pode ser feita de uma a três vezes ao dia por uma semana ou mais dias consecutivos, se necessário.

Difusor de ambiente: Especialmente para aumento da imunidade, redução do estresse e da ansiedade e redução da infecção aérea. Pingue de cinco a 15 gotas conforme o tamanho do ambiente (30 m2 a 60 m2) de óleos diversos com funções distintas ou complementares como indicado aqui. Esse uso pode ser feito de uma a três vezes ao dia ou na hora de dormir.

Difusor de colar: Especialmente para redução da ansiedade e estresse. Pingue uma gota diariamente. Importante ressaltar que essa intervenção é insuficiente para ter alguma eficácia antiviral.

Máscara: Pode-se pingar uma gota de óleo essencial na máscara para inalação. Não utilize canela, cravo-da-índia, tomilho e orégano puros, pois podem queimar se houver contato com a pele.

Álcool 70% líquido e gel: Podem ser adicionados óleos essenciais (de 0,5-1%) para potencializar sua ação antisséptica. Cerca de 20 a 45 gotas em cada 100mL de álcool líquido ou gel.

Massagem: A massagem com óleos essenciais pode ser feita em quem está em casa com sintomas de Covid-19 ou simplesmente com a intenção de reduzir a ansiedade ocasionada pela quarentena. Sugere-se para adultos o uso de 3% (65 gotas total) e crianças 2% (45 gotas total) de alguns dos óleos essenciais aqui descritos em algum óleo carreador para massagem. Não exceda dez gotas de óleos que possam arder a pele (canela, cravo, tomilho, orégano).

O potencial de cada óleo (30)

Louro, eucalipto-glóbulos, ravensara, ravintsara e saro são ricos em cineol (eucaliptol), que é um excelente expectorante. Óleos ricos desse composto podem ajudar a limpar as vias respiratórias do catarro, melhorar o fluxo do ar e estimular a resposta imune.

Cravo-da-índia é rico em eugenol, que apresentou (in vitro) ação antiviral até contra o vírus ebola. Esse componente mostrou em diferentes estudos capacidade de estimular a produção de anticorpos, meio pelo qual o nosso organismo combate os vírus. Cuidado: óleo agressivo para mucosas.Utilize sempre diluído.

Canela-da-china é um óleo essencial com maior nível de inibição de proteínas virais e pode ser sempre usado em difusores no ambiente para se proteger. Cuidado: óleo agressivo para mucosas.Utilize sempre diluído.

Tomilho e orégano são óleos ricos em carvacrol e timol, compostos conhecidos por possuir alta eficiência contra diferentes agentes virais. Esses óleos mostraram ter importante efeito imunoestimulante e podem ser complementares em sinergias com outros óleos. Cuidado: óleo agressivo para mucosas. Utilize sempre diluído.

Bergamota apresenta grande eficácia em debelar vírus no ar, como o H1N1, e possui, além disso, efeitos sedativos e ansiolíticos, úteis para a ansiedade gerada pela quarentena.

Tea tree é altamente eficiente contra o H1N1, possuindo potencial ante outros tipos de vírus. Também possui ação imunoestimulante e levemente expectorante.

Palmarosa e gerânio são óleos muito suaves e agradáveis, com aroma de flores. São ricos em geraniol, composto que mostrou possuir ação estimulante da produção de anticorpos.

Lavanda, bergamota, laranja, espruce, abeto, funcho, capim-limão são opções de óleos essenciais ansiolíticos e altamente relaxantes para o momento da quarentena. A lavanda, principalmente, possui estudos muito bons no controle da insônia.

Blend 4 ladróes (four thieves) 10,1 ml

R$ 94,10Preço
  • Laszlo

Atendimento
       11 99777-9666
       comercial@rosadeluz.com.br
Rua Diamante, 74  

Bairro Aclimação - SP
 

Pagamento Integrado 

Siga

  • YouTube Rosa de Luz
  • Instagram Rosa de Luz
  • Facebook Rosa de Luz