Respirando melhor com óleos essenciais

Atualizado: 12 de Out de 2020

Já entendemos na matéria passada o significado de alguns problemas respiratórios, e hoje falaremos sobre os óleos essenciais que podem auxiliar no tratamento das causas e também no alivio dos sintomas.

Sistema respiratório, óleos essenciais, inalação
Óleos essenciais para problemas respiratórios

Todos os óleos essenciais que possuem forte atuação no sistema respiratório, além de propriedades antivirais, bactericidas, antifúngicas, antissépticas, que auxiliam a tratar dos sintomas. Esses óleos também possuem uma ação emocional, que são de extrema importância para tratar as causas que estão por trás destes problemas.


Gripes e Resfriados

Óleos que auxiliam na organização mental:

- O Eucalipto Glóbulos serve para quem está sem rumo, nos traz direcionamento, determinação e foco;

- O Hortelã Pimenta atua como descongestionante mental e é excelente para quem se sente sobrecarregado;

- O Limão organiza e clareia as ideias, ajudando a ter foco e concentração;

- O Tea Three ou Melaleuca estimula o sistema imunológico e também nos dá uma sensação de proteção, limpando o ambiente, o corpo e a alma;


Coriza

São óleos que auxiliam em casos de tristeza: cedro, em especial quando há perdas irreparáveis (emprego, falência, falecimento, etc); e o cipreste que traz conforto e paz para as pessoas que são ou estão introspectivas e para os demais tipos de perda ou rompimentos.


Congestão Nasal e Tosse

O Pau Rosa nos torna mais flexíveis, eliminando bloqueios e crenças. Já o Olíbano nos ajuda a ter mais fé, favorecendo a respiração. A Pimenta Negra é um grande descongestionante, mas deve ser utilizado em quantidade reduzida, por ser extremamente forte.


Rinite

A Canela auxilia a dissipar a rigidez com nós mesmos, e o Olíbano também pode ser útil por proporcionar relaxamento.


Sinusite

Expectativas frustradas normalmente nos trazem insegurança e um óleo indicado neste caso é a Copaíba.


Bronquite

A Laranja Doce é muito útil em especial para as crianças que querem chamar a atenção e para as pessoas que se isolam, pois é um óleo leve que promove alegria. A Lavanda nos ajuda a equilibrar o nosso eu interior. Já a Litsea Cubeba nos dá mais leveza para lidar com a vida e o Tomilho também possui excelentes propriedades broncopulmonares.


Pneumonia

O Alecrim serve para casos em que a apatia toma conta, podendo-se também usar a Bergamota, que é um excelente antidepressivo. Já o Limão pode ser útil quando a pessoa demonstra frieza emocional.


Podemos escolher de 3 a 5 óleos que julguemos os mais adequados para elaborar uma sinergia. Busque sempre incluir um ou mais óleos da categoria gripes e resfriados. A sinergia poderá ser utilizada de diversas formas, como:

Inalação: 1 gota da sinergia no inalador comum, ou aqueça 100 ml de água e coloque 7 gotas da sinergia, cubra a cabeça com uma toalha e mantenha os olhos fechados.

Banho: pingue antes do banho algumas gotas nos cantos do box, e o aroma irá penetrar pelas vias olfativas aproveitando o vapor quente do banho.

Difusor elétrico: pingue 5 gotas.

Aromatizador pessoal: pingue duas gotas da sinergia.

Aromatizador Ambiental: em 100 ml de álcool de cereais, coloque 30 gotas da sinergia.

Escolha os seus óleos e mãos a obra, mas, caso prefira comprar um produto ou tenha alguma dúvida, entre em contato conosco.




Posts recentes

Ver tudo